Notícias

08/08/2018 - Mais de 800 estudos concluíram que glifosato é seguro



A Monsanto divulgou seu posicionamento oficial diante da decisão de suspensão do glifosato, tomada juíza substituta Luciana Raquel Tolentino de Moura, da 7ª Vara da Justiça Federal do Distrito Federal (SJ-DF). Na última sexta-feira, a magistrada ordenou que a União suspendesse, dentro de 30 dias, o uso de agroquímicos contendo não só o herbicida mais usado no mundo, mas também a abamectina, o tiram e outras substâncias.


Leia a notícia na íntegra clicando aqui.


Fonte: Agrolink