Notícias


22/01/2020 - Em decisão inédita, indígenas vítimas de “chuva de pesticidas” recebem R$ 150 mil de indenização.




Uma decisão inédita da Justiça Federal do Mato Grosso do Sul condenou um fazendeiro, um piloto agrícola e uma empresa a pagarem conjuntamente R$ 150 mil à comunidade indígena Tey Jusu, da etnia guarani kaiowá, localizada em Caarapó (MS) Em 11 de abril de 2015, os indígenas receberam uma chuva de Pesticida aplicada por um avião que pulverizava uma plantação de milho. Crianças e adultos foram intoxicados, sofreram dores de cabeça e de garganta, diarreia e febre.


Fonte: Pública Agência de Notícias


Leia a notícia na íntegra clicando AQUI.



Compartilhe no Compartilhe esta notícia no Whatsapp Compartilhe esta notícia no Twitter Compartilhe esta notícia no Facebook